Câmara Notícias Em destaque CPI da Craisa encerra fase de oitiva e inicia relatório

CPI da Craisa encerra fase de oitiva e inicia relatório

Vereadores que compõem a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), que apura irregularidades na Companhia Regional de Abastecimento Integrado de Santo André (Craisa), encerraram, nesta quarta-feira (28), a fase de oitivas. Na última semana, foi aguardada a presença do ex-diretor financeiro da autarquia, Antônio Wagner Felício, porém, ele enviou documento a Casa informando que, em razão do Habeas Corpus Impetrado e que, ainda, não tinha sido apreciado pela Justiça, não poderia se apresentar na data marcada. Felício foi procurado pelos parlamentares para que fosse remarcado o depoimento para hoje, no entanto, ele não foi mais encontrado. Contudo, segundo informou o presidente da CPI, José Montoro Filho, Montorinho (PT), há depoimentos suficientes para iniciar o relatório. “Por mais que algumas pessoas deixaram de vir, já estamos satisfeitos com as informações que temos”, afirmou o vereador. O relatório da CPI será escrito pelos vereadores Montorinho e Ailton Lima, com prazo para ser entregue em 13 de junho. A princípio, o relatório será apresentado para a comissão, se aprovado, será lido em plenário.

O último depoimento, antes do anúncio de encerramento das oitivas, foi do ex-secretário de Cultura e Esportes de Santo André, Carlos Roberto Panini, na semana passada. Na ocasião, o ex-chefe da pasta se disse responsável por sugerir as apresentações artísticas (shows) para a promoção da Festa Junina, que aconteceu na autarquia durante a gestão do ex-prefeito Aidan Ravin (PSB). “Nós mandamos algumas opções de artistas de acordo com o tamanho do evento. A parte jurídica e técnica ficou a cargo da administração como um todo”, afirmou. De acordo com Montorinho, Panini não contribuiu com a CPI, pois, na maior parte dos questionamentos feitos, ele disse não lembrar-se ou não saber o que se passou.

O objetivo da comissão é apurar suspeitas de irregularidades de 1992 até hoje na autarquia. Esta é a segunda vez que o local passa por “pente fino” – a última aconteceu em 2006, após processo licitatório para transporte de merenda. A comissão da Craisa é presidida por Montorinho, tem como relator Ailton Lima (SDD), e conta com os demais membros Toninho de Jesus (SDD), Ronaldo de Castro (PRB), Sargento Lôbo (SDD), José de Araújo (PMDB) e Elian Santana (PROS).

 

altXX